Futebol

Medalhista pan-americana está estado grave após ser atropelada por motociclista


Luisa Baptista foi gravemente ferida depois que uma moto se chocou com a traseira da bicicleta na qual ela estava treinando, de férias, com um grupo de ciclistas, na manhã do último sábado (23) na Estrada Municipal Abel Terrugi (SCA-329), em São Carlos (SP).

A triatleta brasileira e campeã pan-americana nos jogos de Lima 2019, teve múltiplos ferimentos, fraturas na tíbia e fêmur e precisou ser intubada no local.

Ela foi levada para Santa Casa de São Carlos, onde novas complicações foram identificadas: lesões no pulmão direito, fraturas de diversos arcos costais, além de uma hemorragia na perna, controlada durante cirurgia na tarde de sábado (23).

Luisa passou a noite estável,  mas segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu estado de saúde ainda é grave. 

Luisa amanhece sem novas complicações. Permanece sob cuidados intensivos sem necessidade de novas intervenções cirúrgicas no momento. A coagulação e o pulmão agora são os órgãos e sistemas mais afetados e que demandam mais atenção. Luisa permanece em estado grave”, diz o boletim médico da Santa Casa de São Carlos das 6h deste domingo (24).

O motociclista Naym José Sales, de 27 anos, teve ferimentos médios e foi levado para o mesmo hospital com estádo de saúde estável. De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil de São Carlos (SP), o motociclista envolvido não tinha habilitação para conduzir o veículo, que foi apreendido. 

O acidente foi registrado como lesão corporal culposa (quando não há intenção) e as causas ainda estão sendo investigadas

Nascida em Araras, São Paulo, Luisa se recuperou recentemente de uma lesão no fêmur e esteve nos jogos Pan-Americano de Santiago 2023, no Chile.