Futebol

Presidente do STJD determina que Sport jogue de portões fechados e sem torcida visitante


Em resposta ao ataque violento ao ônibus do Fortaleza após partida na Arena Pernambuco, o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), José Perdiz, deferiu o pedido da Procuradoria nesta sexta-feira (23). A decisão determina que o Sport Club do Recife jogará sem a presença de sua torcida e com portões fechados tanto em partidas como mandante quanto como visitante. Valida em competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a punição inclui a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil. Ela permanecerá em vigor até que o clube seja julgado pela ocorrência do episódio violento.

Comunicada por meio de um despacho oficial do presidente do STJD, a medida destaca a necessidade de preservar a integridade do espetáculo esportivo e garantir a segurança de todos os envolvidos, considerando o recente incidente como uma afronta à ordem e à civilidade no futebol brasileiro. No entanto, ela não afetará o Clássico dos Clássicos deste sábado, contra o Náutico, pelo Campeonato Pernambucano, visto que a solicitação da Procuradoria se restringe às competições organizadas pela CBF.