Futebol

Scaloni deixa em aberto saída da seleção argentina: ‘Preciso pensar no que vou fazer’


O técnico Lionel Scaloni deixou em aberto, na madrugada desta terça (21) para quarta-feira (22), uma possível saída da seleção argentina. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Brasil, no Maracanã, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026, o atual campeão mundial afirmou que irá pensar nesta parada do torneio para decidir se seguirá ou não no comando.

Uma coisa importante que queria dizer é que quero ‘parar a bola’ e me colocar para pensar neste tempo (parada das Eliminatórias). Preciso pensar muito no que vou fazer. Não é um adeus nem nada, mas preciso pensar porque o sarrafo está muito alto e está muito complicado seguir ganhando. Direi isso ao presidente e aos jogadores. Esta seleção necessita de um treinador que tenha todas as energias possíveis”, comentou.

Lionel Scaloni assumiu o comando da seleção argentina em agosto de 2018, após passagem pelas categorias de base, substituindo Jorge Sampaoli. Ao todo, são 66 partidas no cargo, somando 48 vitórias, 12 empates e seis derrotas, colecionando o título da Copa do Mundo do Qatar, em 2022.


 

Torcedores gritam “time sem vergonha” para a Seleção Brasileira em derrota para a Argentina