Futebol

Senado abre investigação sobre apostas esportivas após pedido de Romário (PL-RJ)


Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado, anunciou a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a manipulação de resultados no futebol brasileiro.

A abertura ocorreu após o requerimento protocolado nesta última semana por Romário (PL-RJ). O senador e ex-jogador de futebol se baseia em um relatório da empresa SportRadar. A chamada CPI das Apostas Esportivas será composta por 11 senadores titulares e sete suplentes. Os líderes e partidos já poderão indicar os parlamentares que irão compor a bancada. 

CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DA TNT SPORTS NO WHATSAPP!

O prazo para conclusão dos trabalhos é de 180 dias e pode ser prorrogada por igual período se comprovada a necessidade. Ano passado, a manipulação de resultados no futebol também foi tema de uma CPI, que terminou sem acontecer a votação no relatório final.